novembro 16, 2015

Um guia prático para a Boston pós-apocalíptica de Fallout 4

Desastres nucleares são diferentes uns dos outros. Seja lá onde acontecem, moldam e transformam completamente a infeliz paisagem a sofrer com sua ira indiscriminada. Imagine as construções de alvenaria de uma Hiroshima completamente erradicada. Em meio a destruição, um único prédio de concreto e tijolos sobrevivente, intacto. Imagine a estranha Floresta Vermelha de Chernobyl, uma lembrança de como a humanidade pode destruir completamente uma verdejante, frondosa e tranquila paisagem por séculos e séculos.

É por isso que o cenário de um título da série Fallout é tão importante quanto todo o resto – e também porquê a prospecção de uma Boston radioativa é bastante entusiasmante. Assim como a Capital Wasteland e New Vegas de títulos passados, a Boston de Fallout 4 entrega uma experiência tão única e espetacular quanto. Afinal de contas, essa é uma cidade cuja origem data de 150 anos antes da Declaração da Independência. E dentro da história dos Estados Unidos, é algo bastante antigo, diria.

Naturalmente que uma cidade tão distinta quanto essa detém todo tipo de destino dos mais intrigantes a experiência de Fallout de uma forma geral, então separamos alguns desses lugares que você não pode deixar passar nessa nova jornada de mundo aberto pós-apocalíptico da Bethesda. Mas é claro que Fallout se passa num mundo meio retrô, meio futurista e meio diferente do nosso, mas há muitas similaridades. No século 23, parece que várias estruturas de Beantown são bem mais robustas e resistentes do que você poderia imaginar.


2877847-fallout4_trailer_stadium_1433355624

As Sementes Revolucionárias

Temos que começar, claro, com os fundamentos que ajudaram a construir a América como a conhecemos. E há maneira melhor de iniciarmos do que com uma conexão com o homem que é a Revolução Norte Americana encorporada? Paul Revere em pessoa! A Igreja Velha do Norte foi onde Revere entregou a famosa mensagem urgente de meia noite, que dizia “um se for por terra, dois se for pelo mar”, e isso em 1775! E a igreja continua de pé mesmo após o desastre nuclear.

A data de construção é de 1723. No entanto, a Igreja Velha do Norte é uma criancinha se comparada a outra locação histórica que os jogadores encontrarão em Fallout 4. E estamos falando de Boston Common, que está de pé desde 1634! É o parque público mais antigo de toda América do Norte. Em Fallout 4, os jogadores podem investigar e aprender sobre a história desse lugar e de diversos outros pontos importantes. Mas fique esperto: um super-mutante pode aparecer a qualquer momento e acabar com sua exploração!

Por fim, como podemos viajar por Boston sem visitar o Old Ironsides em toda sua glória? Esse venerável navio de guerra, originariamente comissionado em 1797, sobreviveu a piratas, bárbaros e diversos confrontos contra a marinha britânica durante a guerra de 1812. Ao contrário da Casa Branca, o navio sobreviveu aos conflitos totalmente intacto – e também resistiu ao armagedom e está firme e forte nessa Boston do séculos 23.

KF7HVZf

Os ícones dos dias atuais

Hoje em dia, pode ser que não haja em Boston uma localização mais icônica que Fenway Park, casa dos Boston Red Sox. Se o estádio tem mais de 100 anos de idade em 2015, seria realmente impressionante caso sobrevivesse intocável por mais uns 262 anos, ainda mais após o apocalipse nuclear. Infelizmente, o lugar não resistiu intacto, mas algumas das seções mais famosas aparecem em Fallout 4, incluindo as torres de luz e o Green Monster de mais de 10 metros de altura. No período que Fallout 4 se desenvolve, por outro lado, baseball não é necessariamente algo que define a região de Fenway; afinal de contas, sobreviver é tudo que importante agora. Na verdade, será que os morados do século 23 sequer se lembram das regras do baseball?

O próximo da lista é um edifício bastante icônio a todos os moradores da Boston atual: a Casa de Estado, lar da legislatura e do governador. E como você pode imaginar, políticos são tão resistentes quanto baratas e a Casa de Estado continua de pé, firme e forte, mesmo após a devastação nucelar. Super-mutantes do colarinho branco residem dentro de suas paredes radioativas? Acho que só há uma forma de descobrir!

Além de Beantown

Fallout 4 não se passa somente dentro de Boston: há também um local conhecido como Commonwealth, uma área inteira que representa a Massachusetts dos dias atuais. Uma área bastante importante é Concord, casa de Walden Pond, imortalizada nas escritas de Henry David Thoreau. A Walden que você irá encontrar em Fallout 4, no entanto, não é exatamente o mesmo local sereno e cheio de natureza como na autobiografia do escritor transcedentalista Thoreau.

Fallout-4-Massachusetts-State-house-

A cidade vizinha de Lexington tem seu lugar especial na história pois foi ali que aconteceu a primeira batalha da Guerra Revolucionária. Ao contrário da serena Walden, o que você irá encontrar na desolada Lexington de Fallout 4 tem mais relação com o sangue e a carnificina vistos nas batalhas do século 18 entre os Casaca Vermelhas e os Minutemen.

Finalmente, chegamos até Cambridge, casa do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (mas isso no nosso tempo, claro), e também do enigmático “Instituto” do mundo de Fallout. Jogos anteriores da franquia haviam mencionado a existência e propósito desse Instituto mas, em Fallout 4, os jogadores finalmente terão a chance de aprender mais sobre ele. E fica a dica: a Cambridge desse século 23 não é essa cidade pitoresca e bela que conhecemos hoje em dia.

Esses foram apenas alguns dos vários pontos históricos e familiares presentes em Fallout 4 e, definitivamente, você deveria explorá-los por conta própria. E como todos esses lugares icônicos contribuem para a narrativa desta obra de proporções armagedônicas? A resposta para essa pergunta você mesmo deve concluir em seu Xbox One ou PC.

voltar