Janeiro 19, 2016

Entrevista com Tsukasa Takenaka, produtor de Resident Evil 0 Remaster

A versão remaster de Resident Evil 0 chega hoje ao Xbox 360 e Xbox One. Como todos aqui no Blog do Xbox somos grandes fãs da franquia de monstruosidades e aberrações genéticas da Capcom, foi uma honra entrevistarmos Tsukasa Takenaka, produtor da série. Se liga aí.

Blog do Xbox: Antes de tudo, quando vocês decidiram realizar esta versão remaster de RE0? A decisão veio depois do sucesso da versão remaster do Remake?

Tsukasa Takenaka: Estávamos, de forma lenta, fazendo preparações mesmo antes de lançarmos a versão remasterizada do remake de Resident Evil, mas com a recepção favorável do primeiro título, Resident Evil 0 rapidamente entrou na fase oficial de produção.

b8e073edab87daea687124f9659187eb

BDX: Desde o anúncio, essa versão remasterizada de RE0 se tornou muito popular na comunidade de fãs da série. Todo esse sucesso foi uma surpresa para você? Pergunto porque no lançamento para Nintendo GameCube em 2002, o jogo teve baixas vendas. Como o time regiu ao sucesso dessa nova versão?

TT: Como você mencionou, as vendas de RE0 foram relativamente baixas mas atribuímos isso ao fato de o jogo estar disponível em poucos lugares. Por conta disso, o jogo sempre esteve em posição de destaque entre os títulos que gostaríamos de levar para novas plataformas. Baseado nisso, não ficamos surpresos com a recepção positiva dos fãs. Estamos muito felizes porque agora, finalmente, conseguiremos levar RE0 a uma audiência muito maior.

BDX: RE0 é meio que um lobo solitário entre os títulos numerados na franquia Resident Evil, por conta de poucas pessoas terem tido a oportunidade de jogá-lo. Como você vê essa oportunidade de levá-lo a uma audiência muito maior?

TT: Estamos incrivelmente felizes! Como você mencionou, RE0 é meio que um “lobo solitário”, mas muitas mecânicas da jogabilidade influenciaram amplamente títulos futuros da franquia, como a resolução de quebra-cabeças utilizando dois personagens.

re0-6

BDX: A franquia Resident Evil celebra 20 anos em 2016. Parabéns! Esse remaster de RE0 é uma maneira de celebrar? Veremos mais surpresas na franquia nos meses que seguem?

TT: Muito obrigado! Resident Evil 0 é, de fato, um dos títulos que anunciamos para comemorar nosso vigésimo aniversário, mas temos muito mais para revelar e, assim, manter a franquia viva por muitos e muitos anos. Anunciaremos tudo quando a hora chegar, então fique ligado!

BDX: O diretor do jogo original, Koji Oda, revelou num diário de desenvolvimento algumas das melhorias técnicas que foram feitas nesse remaster. Você poderia, por favor, elaborar um pouco mais quanto a isso?

TT: Todos os arquivos originais de RE0 estavam intactos, por conta disso fomos capazes de renderizar novamente o jogo todo do zero fazendo uso de toda tecnologia e ferramentos de desenvolvimento recentes que temos a nossa disposição. Não foi possível utilizar tudo isso durante o desenvolvimento da versão remaster do remake de RE, então estou feliz em dizer que a qualidade visual está ainda mais alta em Resident Evil 0. Como uma analogia, se o jogo fosse um anime, ao invés de alongarmos o conteúdo para fazer mudanças, melhoramos cada pedaço do anime com a tecnologia mais avançada.

wesker_mode_destaque

BDX: Quanto ao novíssimo Wesker Mode, por que decidiram adicioná-lo ao jogo? Afinal de contas, Albert Wesker já foi um personagem jogável em diversos títulos passados, mas sempre de uma forma mais arcade, nunca na campanha.

TT: Como diretor de ambas as versões de RE0, senhor Oda tinha uma vontade muito grande de fazer mais com este remaster, adicionando novo conteúdo. A razão pela qual decidimos escolher Wesker de Resident Evil 5 é porque ele tem muitas habilidades sobrehumanas e consideramos que seria divertido controlá-lo por conta disso, causando mudanças na jogabilidade clássica.

BDX: Capcom tem sido muito atuante em redes sociais, como Facebook e blogs. RE0 tirou vantagem disso promovendo eventos, dando aos jogadores a oportunidade de jogar com diversas skins diferentes para os personagens, como a roupa de Cody para Billy Coen. O quão importante para a franquia Resident Evil e para a Capcom isso é?

resident_evil_zero_hd_remaster_02

TT: Depositamos muita importância em mídias sociais. Não sou muito bom em inglês, mas me dedico bastante em ler os comentários dos fãs no Facebook. Os times da Capcom na América do Norte e Europa também nos fornecem muito retorno dos fãs, então, por favor, continuem escrevendo seus pensamentos e desejos em nossos canais em redes sociais.

BDX: Tsukasa Takenaka, você tem colaborado como produtor na série por bastante tempo, certo? Como é misturar novos membros na equipe de desenvolvimento com outros mais experientes, como o sr. Oda, por exemplo?

TT: Como um desenvolvedor, estou envolvido com a franquia Resident Evil desde RE5, e como fã, estou envolvido por 20 anos! Depois de concluirmos RE5, me tornei um produtor e me envolvi com a série Revelations. Não estive diretamente envolvido com o RE0 original, mas tenho trabalhado com o diretor Oda por mais de 10 anos. Somado a isso, o time conta com veteranos de longa data, portanto foi um ambiente bastante tranquilo e divertido para trabalhar.

BDX: Resident Evil é muito famosos aqui no Brasil. Os fãs são muito apaixonados e a comunidade é ativa e intensa. Você tem alguma mensagem para enviar a todos eles? Muito obrigado por nos conceder esta entrevista!

TT: Não só RE0 estará disponível como um produto separado, mas também como parte da Resident Evil Origins Collection em mídia física, a qual contém ambos Resident Evil HD e RE0. Esse pacote está disponível para Xbox One. Seja você um fã de longa data ou alguém interessado em jogar Resident Evil pela primeira vez, acho que essa é uma ótima oportunidade de experimentar as raízes da franquia e ver como tudo começou. E, como sempre, gostaria de agradecer a todo mundo no Brasil pelo apoio e suporte. Não estaríamos aqui se não fosse pelos fãs!

voltar