maio 18, 2017

Conheça os terrores subaquáticos de Narcosis

Por Quentin De Beukelaer, Diretor na Honor Code, Inc.

Quentin aqui, fundador da Honor Code, diretor de Narcosis e, acima de tudo, gamer. Narcosis chegou ao PC e Mac há cerca de um mês e agora está chegando ao Xbox One. Podemos finalmente dizer “Narcosis foi entregue!”

Foi uma longa jornada. Narcosis começou em 2011, quando ainda éramos estudantes de videogame. Benjamin (artista de Narcosis) e eu gostaríamos de fazer um jogo que se passasse nas profundezas do oceano. Nosso projeto estudantil passado, Mycelium, era um jogo de estratégia em tempo real no qual controlávamos uma colônia de cogumelos. Depois de criar esse lado sombrio das matas, queríamos criar o sombrio do mar. Profundezas inimagináveis e criaturas pelágicas eram nossas bases. Agora, a questão era: o que o jogador faria nesse ambiente?

Naquele verão, estávamos jogando muito Terraria. Ah, cavar até as profundezas do inferno, então cavar mais ainda para encontrar os limites do universo – que experiência existencial! Nossa primeira sacada, então, foi a de fazer um jogo de exploração e construção num planeta gerado aleatoriamente e coberto pelo oceano. Pense em algo como No Man’s Sky encontrando Subnautica, mesmo antes de qualquer um deles ter sido anunciado. A ideia era boa, mas sentíamos que não era o bastante… Daí, repentinamente, tudo fez sentido: esqueça o submarino, abandone o sistema de criação, coloque os jogadores sozinhos no chão do oceano e faça com que eles molhem ainda mais suas calças já molhadas.

De forma repentina, a ideia de um horror de sobrevivência subaquático fazia muito sentido. O projeto era estimulante e reunir os estudantes para o time seria fácil. Depois de seis meses de trabalho duro e no último dia do curso, a demo que mostramos foi recebida calorosamente. Agora, com alguns membros no time, imaginamos como seria legal se Narcosis se tornasse um jogo real, completo. Também pensávamos que não seria assim tão difícil: trabalhar noites e finais de semana por talvez um ano daria conta.

E como estávamos enganados. Trabalhamos noites e finais de semanas por dois anos, até que nos convencemos a largar nossos trabalhos… E então continuamos trabalhando por mais dois anos. No caminho, Realidade Virtual aconteceu, SOMA foi anunciado – e lançado – e a engine que estávamos usando, a Unity, passou de v3 para v4… e então para v5.

Mas, de alguma forma, conseguimos. Dedicamos tanto de nosso tempo, de nosso cérebro, suor e algumas lágrimas nesse projeto – e também algumas risadas, não se preocupe – que agora parece algo inconcebível. Foi tudo um sonho? Como passou o tempo? Não sei, nós estávamos apenas… fazendo o jogo. E essa não é só a história de Narcosis, é a história da maioria dos jogos. Talvez de todos.

Narcosis já está disponível para Xbox One. Esperamos que todos curtam!

voltar