outubro 26, 2016

Arena e Beam ampliam união de Xbox e Windows 10

Durante evento na manhã de hoje, 26 de outubro, em Nova York, a Microsoft apresentou novidades e detalhes dos novos membros de sua família de tablets e laptops, a Surface. E claro que no meio de tantos anúncios, o Xbox também esteve em foco. Jenn McCoy, Relações Públicas de Xbox, apresentou novos recursos para o console.

Um deles foi o Arena, que oferece a possibilidade de se criar campeonatos personalizáveis independentemente do nível de habilidade de quem estiver jogando. Através do Arena, é fácil definir regras competitivas, atribuindo a elas o seu próprio estilo. Convidar amigos e acompanhar a progressão do campeonato, esteja você no Xbox ou no Windows 10, também é possível.

blog-do-xbox-evento-microsoft-outubro-01

Já a ferramenta Beam é voltada para criadores de conteúdo via streaming. Integrada através da Xbox Live, tanto o One quanto Windows 10 fazem uso do Beam para transmitir suas partidas. O legal do Beam é criar uma interação entre quem joga e quem assiste. E o uso do aplicativo é extremamente simples e acessível. A novidade está prevista para o início de 2017.

blog-do-xbox-evento-microsoft-outubro-02

Também foi mostrado ao mundo em primeiríssima mão os óculos de realidade virtual da Microsoft, ainda sem nome, que faz parte do programa Creators Update, para Windows 10. O lançamento está previsto para 2017 e o interessante: não serão necessárias câmeras para o funcionamento do aparelho. HP, Dell, Lenovo, Asus e Acer são os parceiros desenvolvendo seus próprios modelos dos óculos. Nos Estados Unidos, o preço sugerido é de US$ 299.

Ainda que sem relação com o Xbox, o HoloLens marcou presença no evento. Os óculos de realidade aumentada, ainda sem data de lançamento e preço definidos, apareceu confortavelmente integrado ao Windows 10. Especificamente com o inédito Paint 3D. Na sequência, um objeto em três dimensões foi importado com um clique do computador para o palco, que se mesclou à realidade física por meio do HoloLens. Em outro trecho da demonstração, a Microsoft exibiu como um mostruário online pode ser testado em tempo real pelo usuário. No caso, móveis sendo vistos no ambiente antes de você decidir pela compra. As possibilidade, aparentemente, são infinitas. A gente não se aguenta pra ver isso integrado aos jogos.

voltar